25 de junho de 2012

O Dia da Caça (Cross Country) - James Patterson


Livro: O Dia da Caça (Cross Country)
Autor (a): James Patterson
Número de Páginas: 224
Editora: Arqueiro



Este é o primeiro livro que eu leio do James Patterson e eu fiquei um tanto surpresa e chocada com esta leitura.
O livro conta a história de uma investigação do detetive Alex Cross.

Alex é chamado na cena de um crime e quando chega lá fica aterrorizado com o que vê, o assassino matou toda uma família de forma brutal como ele nunca tinha visto.
Junto com sua namorada a também detetive Bree eles começam a investigar o caso, e Alex descobre que a mulher da família que foi morta Ellie Cox, foi sua namorada na faculdade e que estava escrevendo um livro, ela também tinha ido até a África para uma investigação e Alex acredita que essa seja a chave para desvendar o seu assassinato.

Um dos seus alvos favoritos são famílias inteiras, uma vez que isso espalha mais noticias e difunde o medo. Famílias são massacradas em suas cabanas e barracos, chegando a ser cozidas em óleo fervente, uma espécie de assinatura de alguns dos piores líderes. (Pág. 27).

Alex fica no encalço do assassino e descobre que ele é chamado de Tiger e os seus “comparsas” não passam de crianças recrutadas da África.
Depois de Tiger tocar o terror em Washington ele vai para África, e Alex vai atrás dele e lá começa uma grande caçada, Alex passa por coisas que jamais imaginou em sua vida.
Com uma narrativa envolvente Patterson em alguns momentos me deixou chocada, como disse a Vanessa do Blog do Balaio este livro pinga sangue.
O autor nos mostra a dura realidade da Africa, dos campos de refugiados, dos diamantes de sangue em Serra Leoa e de como a política esta envolvida em tudo.
Lá na África Alex é caçado por Tiger, um homem sem escrúpulos capaz de fazer as maiores atrocidades com o ser humano por dinheiro, não importando de onde ele venha.
Para quem gosta de ação e suspense o livro é ótimo, mas é bem pesado. Eu não consegui desgrudar dele até o fim.
Estou curiosa para ler as outras aventuras de Alex Cross.

Agora era a minha vez de sorrir.
- Você deveria ter me matado quando teve a oportunidade. Sou muito persistente, nunca desisto.
Assim falou o Matador de Dragões. (Pág. 212).

Leiam e descubram se Alex Cross é a caça ou o caçador.

Outras capas:



 Comentem, beijos a todos.

4 comentários

  1. Oi Katielle!
    Eu ainda não li nada do James Patterson... Mas quero muito ler, pois adoro livros de suspense.
    Gostei de todas as capas.

    Beijos,
    Sora - Meu Jardim de Livros

    ResponderExcluir
  2. Aaai fiquei mais ansiosa ainda para ler este livro :o
    Adorei sua resenha, Katy. E nao duvido nada que este livro pigue sangue, pelo jeito logo no assassinato eu vou ficar de boca aberta hahaha
    beijos
    http://nolimitedaleitura.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Eu ainda não li nada desse autor, mas o livro parece ser muito interessante, eu avia lido varias coisas sobre ele, resenhas e outros mais e ja coloquei na minha lista de vou ler. Sua resenha ficou bem legal.
    Tem resenha nova lá

    @hyuugamarcos

    http://mundodosmngas.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Oi,

    nunca li nenhum livro desse autor, mas já ouvi falar. Gosto de histórias de suspense e ação, mas estou dando um tempo em livros pesados ultimamente!

    Amei a resenha!

    Bjs

    ResponderExcluir