3 de abril de 2013

Never Sky: Sob o Céu do Nunca (Under The Never Sky) - Veronica Rossi

 Skoob
Livro: Never Sky: Sob o Céu do Nunca (Under The Never Sky)
Série: Never Sky #1
Autor (a): Veronica Rossi
Número de Páginas: 336
Editora: Prumo (parceria)


Never Sky é ambientado num futuro muito distante de nós. Um lugar dividido entre pessoas que vivem dentro de uma cápsula chamada Quimera e as pessoas que vivem fora dela que são chamadas Forasteiras.

Ária vive em Quimera, um lugar onde nada é real, lá não existe dor e sofrimento. Porém, depois de um episódio Ária é banida de Quimera e agora está fora da cápsula pensando que até o ar que respira pode matá-la, ela também tem outras preocupações neste novo mundo: como irá sobreviver, como escapar das tempestades de Éter e onde está sua mãe?

- As nuvens se dissipam? – perguntou ela.
- Completamente? – Não. Nunca.
- E quanto ao Éter? Ele some em algum momento?
- Nunca, Tatu. O Éter nunca some.
Ela olhou para cima.
- Um mundo de nuncas sob o céu do nunca.

Em seu caminho Ária irá encontrar Peregrine ou só Perry, como costuma ser chamado. Ele irá salvar sua vida algumas vezes. Perry está em busca de seu sobrinho e nesta jornada irá encontrar Ária, juntos, eles se tornarão aliados.

Perry levantou subitamente, antes de terminar as palavras, quase tropeçando. Ele passou a mão pela cabeça, sentindo-se agitado, como se precisasse rir ou correr ou fazer algo. Pegou uma pedra e arremessou-a no córrego, tentando eliminar de sua mente a imagem dela experimentando a fruta. Tentando evitar tragar seu cheiro, como era de sua vontade.

Ária e Perry são pessoas de mundos completamente diferentes. Ela é uma garota frágil, protegida por Quimera, quando é banida não sabe como irá sobreviver. Ele é um perfeito caçador. O lugar onde mora se chama Máres e seu irmão é o Soberano de Sangue, espécie de líder do lugar, mas Perry não concorda com muitas de suas atitudes e isso faz com que eles briguem constantemente e que Perry comece a pensar em desafiar seu irmão para tomar seu lugar de Soberano de Sangue.

No decorrer do livro imaginei que não iria haver nenhum envolvimento amoroso entre os protagonistas, eles são pessoas totalmente opostas que toleram a existência um do outro, mas eles irão fazer uma aliança que tem tudo para dar errado, porém, conforme convivem um sentimento começa a surgir entre eles.

(...) – Você teria uma boa ideia do que eu quero, nesse momento.
- E o que seria?
- Você, mais perto.
- Perto, quanto?
Ele ergueu a borda do seu cobertor.

Never Sky está entre minhas distopias favoritas, fui absorvida pela história. Nos primeiros capítulos achei que não fosse gostar, porém, me envolvi completamente no livro que é contado sob o olhar de Ária e Perry. Achei inacreditável, não esperava gostar tanto assim deste livro que é escrito por uma brasileira que mora na Califórnia. Quem nunca leu uma distopia está é uma ótima oportunidade.

Quando chegou ao fim, fiquei com o coração na mão. Espero que a Editora Prumo não demore muito para lançar o próximo, quero muito saber como irá continuar a história de Ária e Perry.

Leitura recomendada.


Book Trailler:


Outras Capas:






17 comentários

  1. É fala distopia e eu já sei que eu quero, sou viciada nesse tipo de livro.
    Adorei o enredo, estou querendo muito este livro!

    ResponderExcluir
  2. Já vi muitas resenhas legais do livro, mas ainda não tive a oportunidade de ler e nem sei se vou. Gostaria de conferir, é uma boa história essa.

    ResponderExcluir
  3. Eu li algumas resenhas do livro e realmente não tinha me interessado, até porque não faz meu estilo de leitura.
    Mas você foi convincente, confesso! rs
    Acho que por mais que a história seja bem "irreal", alguma coisa me chamou a atenção. Talvez o fato da personagem protegida ter de aprender a sobreviver num outro mundo, ou pelo envolvimento progressivo dos dois.
    bjs

    ResponderExcluir
  4. O enredo não me animou muito, mas fiquei curiosa por você favorita-lo. Não sabia que a autora é brasileira!

    ResponderExcluir
  5. Nunca li nenhum distopia, então já esta mais que anotada essa dica! Esta ótima sua resenha Katielle, fiquei muito entusiasmada , espero gostar! E parabéns pela parceria com a Harlequin, fiquei muito contente em saber que seu blog também foi selecionado, é uma alegria imensa fazer parte dos parceiros deles *-*

    Bjs

    Da Imaginação a Escrita

    ResponderExcluir
  6. Adoro distopias e o enredo dessa parece ser bem bacana. Um romance improvável é interessante. O ruim é esperar pela continuação, né? Adorei Delírio e não vejo a hora de ler Pandemônio! Confesso que a capa que mais gostei foi a última, com o A grandão.

    ResponderExcluir
  7. Eu gosto muito de distopias, eu nunca tinha ouvido falar desse livro ainda.
    Todas as capas são lindas mas essa segunda é perfeita.
    Esse livro entrou na minha meta de leitura.
    Beijos

    ResponderExcluir

  8. Olá, desculpe estar incomodando !! Vejam minha lojinha virtual: http://storeofdreams.loja2.com.br/ , ótimos produtos com ótimos preços. E está aberta a seleção de blogs para parceria. Beijinhos e estou seguindo seu blog. Estou online, só clicar em atendimento na lateral e em seguida Suporte Online e será um prazer falar com você.
    Tamiris Ferreira
    Blog: http://princesamodernaa.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  9. Acho que só lendo mesmo pra ver se gosto, pq não parece muito atrativo, tenho a mesma impressão que vc antes de ler, de que não vou gostar. Mas vou tentar e ver o que acho.

    ResponderExcluir
  10. A algum tempo eu vi a sinopse desse livro circulando pela blosgosfera e confesso que fiquei bem curiosa para lê-lo, mas após ler sua resenha sobre ele e percebi que tenho que ler rsrs...
    Achei a história muito boa e envolvente, adoro livros nesse estilo.
    Parabéns pela resenha maravilhosa, com toda certeza irei ler esse livro.

    P.S.Todas as capas são lindas.

    ResponderExcluir
  11. Estou no momento das distopias, já tinha visto esse livro faz um tempo e a capa que é linda e a sipnose chamaram minhas atenção, depois de ler a resenha já tenho certeza de que comprarei o livro adorei o fato de haver esse envolvimento amoroso entre os protagonistas pois acho que livro sem romance é um pouco vazio, outro fato positivo foi você citar que o livro é contado pelo ponto de vista dos dois protagonistas, além da autora ser brasileira, pretendo ler em breve e vejo que será mais uma série que vamos ter que esperar. As outras capas são maravilhosas, ,me paixonei por algumas que vi.

    ResponderExcluir
  12. Oi Katielle, tudo bem flor?
    Eu fiquei apaixonada por esse livro desde que li a primeira resenha sobre ele. Parece ser uma distopia bem diferente. E o que mais me deixou curiosa foi saber que é justo uma brasileira que escreve. Ótima resenha flor,
    Abraços,
    Amanda Almeida
    http://amanda-almeida.com.br/2013/04/05/lancamentos-de-abril-editora-novo-conceito/

    ResponderExcluir
  13. Oi Kat, tudo bem?

    Poxa, tenho visto muitas resenhas positivas sobre esse livro, mas realmente pelo que as pessoas falam e pela propria sinopse, ele não faz o meu estilo de leitura =(. Uma pena porque realmente as pessoas tem elogiado bastante ele. Talvez eu dê uma chance, mas só futuramente ^^

    beijos
    Kel
    http://porumaboaleitura.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  14. To na duvida de ler esse livro, meu amigo pegou o livro e falou que o final é decepcionante e nao é aquelas coisas, mas agora que vi tua resenha , fiquei numa p@#$% duvida com esse livro, acho a capa dele bonita, vou decidir mais pra frente se irei lelo ou nao ;|.

    ResponderExcluir
  15. Não fiquei tão interessada pelo livro, o enredo não me agradou tanto. Acredito que é pelo fato de eu nunca ter lido uma distopia ainda e achar o universo do enredo bem estranho. Acho que vale a pena arriscar a ler o livro e talvez, mudar minha opinião sobre este gênero literário.

    ResponderExcluir
  16. Distopias é um dos meus gêneros literários favoritos. Estou louca para ler Never Sky. Acho a ideia de retratar pessoas vivendo em situações opostas uma das outras (dentro e fora da cápsula) bem diferente!
    Ah e gostei mais da capa brasileira do que das outras!

    ResponderExcluir
  17. Eu estou muito curiosa com esse livro. Simplesmente amei capa, tem como não amar?! Ouço diversas opinião sobre ele, uns amam outros odeiam. Quero ler p/tirar minhas próprias conclusões. Amei a resenha e como você expôs aquilo que achou. Achei sua escrita envolvente. Espero ter a oportunidade de lê-lo.

    ResponderExcluir