20 de junho de 2013

Azar o Seu! - Carol Sabar

Livro: Azar o Seu!
Autor (a): Carol Sabar
Número de Páginas: 368
Editora: Jangada

Sinopse: Bia está parada num engarrafamento no Rio de Janeiro, pensando em sua vida azarada. Sem emprego, atolada em dívidas, ela não imagina que está prestes a viver a grande coincidência da sua vida. O motorista do carro ao lado está buzinando, tentando se comunicar com ela, como se fosse um velho conhecido... E ele é! Mas Bia não o reconhece. E como poderia? Ele é um homem, não mais o garoto de dez anos atrás. Está mais encorpado, cortou o cabelo, livrou-se do aparelho nos dentes e das espinhas do rosto, está tão diferente, tão lindo... O motorista sai do carro, mas não tem tempo de se explicar, pois começa um violento tiroteio e eles têm que se jogar lado a lado no asfalto. Certa de que está prestes a morrer, Bia entra em desespero e se prepara para dizer suas últimas palavras, na esperança de que o suposto desconhecido deitado ao seu lado possa levar um recado a Guga, seu amor da adolescência, sem perceber que é ele próprio que está ali, ouvindo a inesperada declaração de amor! Os dois escapam juntos do tiroteio e, a partir daí, começam a se envolver, dia após dia... Guga, sem coragem de assumir sua verdadeira identidade. Bia, fascinada por ele e feliz consigo mesma por finalmente estar se apaixonando por alguém que não é Guga... Azar o seu! vai além de uma comédia romântica. É uma reflexão sobre a importância da amizade verdadeira, do perdão e do autoconhecimento, que nos resgata o poder de decidir sem medo e de reverter escolhas que nos impedem de ser feliz.
Somente uma palavra descreve Azar o Seu: INCRÍVEL.

Sabe aquele livro que quando terminamos a leitura e fica estampado em nosso rosto um sorriso bobo? Esse livro é, Azar o Seu!.

Gosto muito da escrita da Carol Sabar, além de achar ela uma simpatia. Alguém pode estar se perguntando se eu a conheço. Sim, a conheci na feira do livro aqui de Porto Alegre no ano passado, foi quando peguei seu autógrafo no livro Como (Quase) Namorei Robert Pattinson. Espero que esse ano ela venha novamente.

Mas voltando ao livro, ele é maravilhoso. Um história divertida  e gostosa de ler. Uma história de amor que faz nosso coração ficar inflado de tantos sentimentos bons, amor por dois protagonistas perfeitos. Confesso que em alguns momentos quis matar a Bia, mas ela é tão autêntica e divertida que logo eu esquecia de querer enforcá-la. E o Guga? meu Deus, qualquer um de nós certamente já sonhou com alguém assim na vida, atencioso, gentil, engraçado e apaixonado. Ele tem tudo para ser um cara mimado e com um ego gigante, porém ele não é assim e isso faz toda diferença.

Os personagens secundários criados são maravilhosos, é impossível não torcer para alguns e desejar o mau para outros. Tem alguns hilários como o primo do interior da Bia, dei várias risadas com o coitado e o final para ele foi perfeito, mas fiquei com um pouco de pena... só lendo vocês irão entender.

Foi tanta a diversão lendo esse livro, dei risadas sozinha no ônibus e na rua , certamente as pessoas pensaram que eu era louca.

Apesar do livro ser uma comédia ele nos mostra o verdadeiro valor de uma amizade  e em como o apoio da família é importante na nossa vida. Em alguns momentos fiquei bem emocionada.

A minha única crítica é que o livro deveria ter mais páginas, muitas mais, pois Azar o Seu! é um livro que não nos cansa , pelo contrário, queremos sempre continuar lendo.

Espero que a Carol não demore muito para escrever outro, que certamente será um sucesso.


- Escove os dentes.
- Ah, tá bom, pai – Fiz careta – Obrigado por lembrar. Você comprou Tandy de uva? – ironizei – Só escovo os dentes se for com Tandy de uva.
- Na segunda prateleira do armário embaixo da pia.
Arregalei os olhos assustada.
- Para mim, você sempre será a garotinha do papai. 

Obs.: a playlist do livro é maravilhosa e escolhi uma das músicas do Guga e da Bia para deixar o clip aqui para vocês, espero que gostem.


Beijos.

18 comentários

  1. Eu ri muito com o quote, tandy de uva! KKK Meu Deus, eu já estava com uma vontade enorme de ler o livro, agora então. NECESSITO. Amo livros desse jeito: Que nos faz rir, mas também nos emociona. Sem falar no apego que se tem pelos personagens! Estou muito necessitada por esse livro, sério. <3

    ResponderExcluir
  2. Uaaaau !! Mais um livro brasileiro que tem que ser reconhecido!! :D KKKKKKK também dou risadas no onibus, dei risada hje em um q nem é tão humoristico assim e imagina esse!! haha, acho que a leitura será facil e prazerosa, quero ler!!! :D

    ResponderExcluir
  3. Oie!
    Até o momento este livro não havia me despertado curiosidade, sie lá porquê. A capa até é "bonitinha", mas sei lá.
    Sua resenha me deixou com vontade de ler, a história parece divertida e engraçada, quem sabe eu dê uma chance, mas não é minha prioridade no momento.

    Beijinhos*

    ResponderExcluir
  4. Oi!
    Ainda não conhecia o livro. Mas pela sua resenha, ele deve ser muito bom.
    Adoro quando o livro é divertido e te prende do início ao fim.

    BjO
    http://the-sook.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. Vendo umas resenhas dele e achando bem legal, o pessoal está gostando. Não senti muita vontade de ler, mas pelo que é uma ótima trama!

    ResponderExcluir
  6. Pensei que fosse um livro bem mais juvenil, mas parece muito bacana mesmo. A história deve ser divertida, leve e que prende o leitor por sua simplicidade.
    Não fiquei SUPER a fim de ler, mas com certeza se tiver uma oportunidade o farei.
    bjs

    ResponderExcluir
  7. Estou gostando de ler tudo o que escrevem sobre esse livro, eu acho que preciso dele, quero muito me divertir com essa leitura gostosa.

    ResponderExcluir
  8. Pela capa achava que era bem teen, mas parece uma trama bem divertida, :)

    ResponderExcluir
  9. Oi Ka!
    Comecei esse livro ontem e acho que hoje termino, estou amando!!
    Não li Como (Quase) Namorei Robert Pattinson, mas estou com vontade de ler.
    Estou me divertindo muito com a leitura!! Também pareço uma louca rindo sozinha no ônibus, hehehe.
    Parabéns pela resenha!
    beijokas
    Lara - Magia Literária

    ResponderExcluir
  10. cara e to doida pra ler esse livro

    ResponderExcluir
  11. Nossa, eu não sabia que ela era a autora de Como (quase) namorei Robert Pattinson, estou louca para ler esse livro! hehe Azar o seu também parece ser um livro excelente, principalmente com uma pitada de humor *o* hehe

    Beeijos,
    iSteh

    ResponderExcluir
  12. Admito que não dei muito crédito a esse livro quando o vi entre os lançamentos. Li a sinopse, mas me pareceu mais um desses romances divertidos e levinhos sbae? Que não teria nada de mais? Mas sua resenha me fez ver um outro lado, e acho que vou ler hein!

    Beijokas
    escolhasliterarias.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  13. Bom saber que esse livro é como eu esperava: fofo e divertido. Ainda não li nada da autora, mas já ouvi comentários ótimos sobre ela. Espero conseguir ler esse logo.

    ResponderExcluir
  14. Depois dessa resenha fiquei super curiosa para ler o livro! Ainda não conheço a autora mas pela sinopse dá para notar que a trama é irreverente e ao estilo chick-lit =) Preciso ler!

    BJs
    @tibiux

    ResponderExcluir
  15. Primeira resenha que li sobre esse livro.
    Gostei bastante.
    Adoro livros que nos deixam com sorriso bobo no rosto, e que além de divertido, trazem uma mensagem bacana.
    Já quero!

    ResponderExcluir
  16. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  17. Desde que foi lançado eu tô com vontade de ler esse livro, meu Deus. A Jangada liberou o primeiro e o segundo (?) capítulos dele no Issuu, e eu fiquei simplesmente apaixonada, querendo mais a cada página. A Carol é mesmo muito divertida e eu acho que esse livro é melhor do que o Como Quase Namorei Robert Pattinson, certo? (Não gostei taaanto desse.)
    Tá na minha listinha. Bela resenha!
    Sarinha
    contextuando.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  18. Estou louca para ler esse livro. Parece ser ótimo. Nunca li nenhum livro da Carol Sabar mais já ouvir ótimos comentários sobre o livro Como (Quase) Namorei Robert Pattinson. Não vejo a hora de ler Azar o Seu!.
    Amei a resenha.

    ResponderExcluir