31 de outubro de 2014

Ligeiramente Casados - Mary Balogh

Livro: Ligeiramente Casados
Saga Os Bedwyns #1
Autor (a): Mary Balogh
Número de Páginas: 288
Editora: Arqueiro (parceria)
Compre aqui.

Sinopse: À beira da morte, o capitão Percival Morris fez um último pedido a seu oficial superior: que ele levasse a notícia de seu falecimento a sua irmã e que a protegesse Custe o que custar!. Quando o honrado coronel lorde Aidan Bedwyn chega ao Solar Ringwood para cumprir sua promessa, encontra uma propriedade próspera, administrada por Eve, uma jovem generosa e independente que não quer a proteção de homem nenhum.
Porém Aidan descobre que, por causa da morte prematura do irmão, Eve perderá sua fortuna e será despejada, junto com todas as pessoas que dependem dela... a menos que cumpra uma condição deixada no testamento do pai: casar-se antes do primeiro aniversário da morte dele o que acontecerá em quatro dias.
Fiel à sua promessa, o lorde propõe um casamento de conveniência para que a jovem mantenha sua herança. Após a cerimônia, ela poderá voltar para sua vida no campo e ele, para sua carreira militar.
Só que o duque de Bewcastle, irmão mais velho do coronel, descobre que Aidan se casou e exige que a nova Bedwyn seja devidamente apresentada à rainha. Então os poucos dias em que ficariam juntos se transformam em semanas, até que eles começam a imaginar como seria não estarem apenas ligeiramente casados...
Neste primeiro livro da série Os Bedwyns, Mary Balogh nos apresenta à família que conhece o luxo e o poder tão bem quanto a paixão e a ousadia. São três irmãos e três irmãs que, em busca do amor, beiram o escândalo e seduzem a cada página. 

Ligeiramente Casados é o mais novo lançamento histórico da Editora Arqueiro; o livro faz parte da saga Os Bedwyns e esse primeiro conta a história de Aidan Bedwyn e Eve Morris.

Em meio aos horrores da guerra o capitão Morris faz seu último pedido de vida ao coronel Aidan Bedwyn: que ele leve a notícia de sua morte ao Solar Ringwood, onde sua irmã Eve vive, e que o capitão a ajude, custe o que custar.

O que o coronel Bedwyn não sabe é que com a morte do irmão, Eve está a ponto de ser despejada de sua casa, junto com todas as outras pessoas que moram ali; como a honra fala mais alto ele propõe um casamento de conveniência. Assim os dois casam, porém não existe amor e companheirismo entre eles, logo após o acontecido, Aidan pretende voltar para sua vida e é isso mesmo que ele faz. Quando o irmão mais velho de Aidan, Wulf, descobre que ele casou, solicita imediatamente que sua esposa seja apresentada a sociedade londrina, inclusive a rainha e é aí que começa toda a confusão e talvez o casamente deles não seja mais por conveniência.

Ligeiramente Casados é aquele livro fofo, maravilhoso que nos encanta da primeira a última página. Eve e Aidan são completamente diferentes e tem ambições diferentes; ela quer cuidar das pessoas que acolhe em sua casa, pessoas que a sociedade rejeitou e que ela cuida como se fosse da sua família. Aidan almeja subir na carreira, ele já tem trinta anos e como seu irmão Wulf disse, provavelmente vá viver somente mais dez; ele até pensa em ter uma mulher, mas teria que ser uma que vivesse em viagem, afinal ele não quer abandonar sua carreira no exército. O casamento que era para ser de conveniência se transforma em algo mais quando Eve passa a viver temporariamente na mesma casa que Aidan. Ali ela terá que aprender a se portar diante da sociedade, mudar as roupas e estar preparada para ser apresentada a rainha; Eve odeia tudo isso, mas faz pelo seu marido.

Aidan não é um homem bonito, como mesmo diz sua esposa, ele é muito alto, ombros largos e um nariz grande. Tem um rosto severo, uma expressão implacável, sempre usa seu uniforme completo e nunca sorri, em resumo, o homem é de meter medo. Porém conforme Eve começa a conviver com ele, percebe que por baixo dessa fachada ele é uma ótima pessoa, cuida família e sempre está atento as necessidades da esposa.

Demora muito tempo (praticamente todo livro) para Eve e Aidan entregar-se ao amor, mas não pensem que a história fica chata e enfadonha, pelo contrário, somos absorvidos pelo mundo de riqueza que a família de Aidan vive e de como Eve está tentando se ajustar. Durante a leitura somos agraciados por algumas risadas, alguns momentos de paixão e olhares furtivos entre os protagonistas. Além disso o livro trata de outras questões que não irei contar aqui.

Ligeiramente Casados é narrado em terceira pessoa e temos os pontos de vista de Aidan e Eve. A narrativa é gostosa e fluída; esse é aquele livro que nos encanta desde que pegamos na mão, a capa está maravilhosa e mais uma vez a Editora Arqueiro arrasou nessa publicação.

Fiquei muito emocionada com o final do livro, enquanto terminava eu não sabia o que iria acontecer, e meu coração ficou na mão até a última página, mas autora deu um final digno para Eve e Aidan

Em Ligeiramente Casados somos apresentados a todos irmãos Bedwyns e eu fiquei muito ansiosa pelos próximos livros. Todos os irmãos são diferentes a sua maneira, mas eu realmente fiquei curiosa com Wulf, o irmão mais velho e o chefe da família, para dizer a verdade praticamente odiei o jeito dele, mas sei que ele tem seus motivos para ser assim. O próximo livro a ser publicado pela Editora Arqueiro será Ligeiramente Maliciosos, livro do Rannulf Bedwyn.

- Errado? Somos um homem e uma mulher - disse ele com severidade - e nos casamos há algumas semanas. Homens e mulheres, principalmente quando casados, costumam ir para cama juntos.
Eve passou a língua pelos lábios. O quarto parecia abafado.
O coronel deixou escapar um som de impaciêcia e atravessou o quarto na direção da esposa. Ele pousou as mãos grandes no rosto de Eve. Ela fechou os olhos e a boca do marido encontrou a dela.

Leitura recomendada.

Saga Os Bedwyns:
01. Ligeiramente Casados;
02. Ligeiramente Maliciosos (publicação em abril);
03. Slightly Scandalous;
04. Slightly Tempted;
05. Slightly Sinful;
06. Slightly Dangerous;

Outras capas:

   


Postagem válida para o Top Comentarista outubro.


13 comentários

  1. Oie!
    Fiquei curiosa para saber quais são as outras questões, rsrs.
    Mais um série heim... bj

    ResponderExcluir
  2. Olá Katielle,
    O livro parece ser daqueles que nos fazem dar risada quase sem querer. Fiquei curiosa sobre ele, já que tinha visto outros comentários sobre o livro e a série.
    Beijos...

    ResponderExcluir
  3. OI Kati, adorei esse livro e amei a resenha!!! Beijo!

    ResponderExcluir
  4. mais um romance de época que estou ansiosa por ler. E pelo que estou vendo é muito bom. Adoro tramas deste tipo. Fiquei apaixonada pela história da personagem. não vejo a hora de poder ler também. Estou curiosa pelo final emocionante a que você se refere. rsrsrs Beijos.

    ResponderExcluir
  5. Já li o livro, e sério, achei super chato, e olha que adoro romances, um dos romances que não gostei...achei a cansativo e arrastada, não tive simpatia com os personagens, a capa.. achei muito simples.
    Mas cada um tem um gosto literário certo?.. que bom que gostou, obrigada pela resenha.
    Beijos Katielle, ThaynáQ.

    ResponderExcluir
  6. Ahhh quero muito esse livro. Não sei se vou conseguir ler este ano, mas vou ler..rs
    Adorei a resenha e ver sua opinião.
    Mas que recomendado.

    livrosvamosdevoralos.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  7. Ainda não li nenhum obra da autora Mary Balogh
    Mas confesso que tenho um enorme vontade
    Ate pouco tempo atras e não curtia muuito romance de época!
    Mas aprendi a gosto e percebe a beleza que este gênero possui

    ResponderExcluir
  8. awn todo mundo falando tão bem desse livro. assim q der vou ler meu exemplar.

    Seguindo o Coelho Branco

    ResponderExcluir
  9. Estou doida pra ler esse livro, amo romance de época, o livro parece ser ótimo, e sua resenha me deixou ainda mais ansiosa pra conferi a história, essa saga prometem hem!

    ResponderExcluir
  10. Tô super curiosa pra ler esse livro... Não costumava gostar tanto de livros desse estilo, com condes e duques, mas a cada lançamento estão ganhando mais o meu coração... Quando vi esse fiquei super curiosa de como seria esse casamento arranjado, e agora fiquei mais curiosa ainda de como eles vão finalmente se entregar a essa paixão... Os dois parecem ser bem diferentes, mas como costumam dizer, os opostos se atraem... Estou ansiosa para saber como vai ser esse desenrolar...
    Kisses =*

    ResponderExcluir
  11. Gosto bastante de romances de época, principalmente quando tem o enredo bem trabalho, o que acredito que seja o caso deste. A premissa é bem interessante, apesar de já ser batida nos livros de época, o tal "casamento de conveniência".
    Acredito que daria uma oportunidade a obra por causa da sua resenha.

    M&N | Desbrava(dores) de livros - Participe do nosso top comentarista de outubro

    ResponderExcluir
  12. Eeeita mais um livro que eu preciso ler urgentemente.
    Amo romances de época e quando tem casamentos por conveniência eles me fazem querer lê-los mais ainda.
    Amo os mocinhos que são "turrão" e o Aidan me parece ser desse tipo.
    O único fato que me deixou meio em dúvida é que é mais uma série, e não sei se quero me apegar a mais uma.
    Bjokas!

    ResponderExcluir
  13. Kate que resenha linda, amei todos os pontos que vc apresentou.
    Acabei de resenhar esse livro é amei tudo. Agora estou ansiosa para ler mais dessa série!!!! Beijinhos!!

    Leituras, vida e paixões!!!

    ResponderExcluir