6 de março de 2017

Simplesmente o Paraíso - Julia Quinn

Livro: Simplesmente o Paraíso (Just Like Heaven)
Quarteto Smythe-Smith #1
Autor (a): Julia Quinn
Número de Páginas: 272
Editora: Arqueiro
Compre aqui e aqui.


Sinopse: Honoria Smythe-Smith sabe que, para ser uma violinista ruim, ainda precisa melhorar muito…
Mesmo assim, nunca deixaria de se apresentar no concerto anual das Smythe-Smiths. Ela adora ensaiar com as três primas para manter essa tradição que já dura quase duas décadas entre as jovens solteiras da família. Além disso, de nada adiantaria se lamentar, então Honoria coloca um sorriso no rosto e se exibe no recital mais desafinado da Inglaterra, na esperança de que algum belo cavalheiro na plateia esteja em busca de uma esposa, não de uma musicista.
Marcus Holroyd foi encarregado de uma missão…
Porém não se sente tão confortável com a tarefa. Ao deixar o país, seu melhor amigo, Daniel, o fez prometer que vigiaria sua irmã Honoria, impedindo que a moça se casasse com pretendentes inadequados. O problema é que ninguém lhe parece bom o bastante para ela. Aos olhos de Marcus, um marido para Honoria precisaria conhecê-la bem (de preferência, desde a infância, como ele), saber do que ela gosta (doces de todo tipo) e o que a aflige (como a tristeza pelo exílio de Daniel, que ele também sente). Será que o homem ideal para Honoria é justamente o que sempre esteve ao seu lado afastando todo e qualquer pretendente?
Com seu estilo inteligente e divertido, Julia Quinn enfim apresenta ao público o Quarteto Smythe-Smith, o terrivelmente famoso e adoravelmente desafinado grupo musical que conquistou os leitores antes mesmo que as cortinas se abrissem para ele.

RESENHA por Katielle Borba.

Oi, pessoal!

A resenha de hoje é do primeiro livro da Série Quarteto Smythe-Smith da autora Julia Quinn e publicação da Editora Arqueiro. Simplesmente o Paraíso conta a história de amor de Lady Honoria Smythe-Smith e de Marcus Holroyd o Conde de Chatteris.

Quem leu a Série dos Bridgertons lembra-se bem dos concertos das Smithe-Smith, as meninas são tão ruins tocando qualquer instrumento que é um martírio participar do evento e mesmo assim, todos os anos as pessoas comparecerem, mas ninguém nunca fala nada de ruim ou se fala é somente através de sussurros. Essa série da Julia Quinn veio como um alento para os nossos corações, corações estes que estão carentes depois do término de Os Bridgertons. Já amei o primeiro livro e tenho certeza que os próximos serão ainda melhores.

Honoria conhece Marcus desde a infância, apesar da idade deles ser um pouco distante ela estava sempre por perto querendo participar de tudo que Daniel, seu irmão, e Marcus faziam. Os garotos não gostavam muito disso e sempre que podiam brigavam com a menina e até mesmo colocavam apelidos nela. Os anos passaram, eles ficaram mais velhos e a vida mudou; Honoria não tem mais Daniel por perto, então só sobrou Marcus, e por mais que eles não tenham tanto contato, ela só é feliz em saber que ele está por perto. Honoria quer casar, não para se livrar dos concertos anuais da família, mas sim porque quer uma família grande e barulhenta, porém todos os seus pretendentes desistem assim que começam a cotejá-la, só que mal sabe ela que o amor pode estar bem ao seu lado.

Simplesmente o Paraíso é narrado em terceira pessoa e alterna entre os dois protagonistas. Não tem como não amar esse livro, a escrita é leve, fluída, divertida e cheia de sentimentos que aquecem o nosso coração. A trama é clichê, mas mesmo assim é impossível largar o livro até o seu final. É até mesmo impossível não amar e torcer pelas meninas do grupo musical.

Marcus nunca teve uma família, na maior parte do tempo era só ele, mas quando conheceu Daniel e sua família numerosa tudo mudou, ele passou a ser parte de algo, passou a amar aquelas pessoas que não eram do seu sangue e, mesmo tantos anos depois, ele ainda se sente como parte da família. Marcus é quieto, tímido, não gosta de chamar a atenção, só que ele gosta muito de Honoria, no início até poderia ser um amor de irmãos, mas um acontecimento faz com eles fiquem mais próximos e logo os dois se dão conta que amor de irmãos é a última coisa que sentem um pelo outro.

Gostei muito de Honoria, do seu senso de humor, de ela adorar doces e de amar incondicionalmente sua família. Quando li os livros da outra série era difícil ter a dimensão de como era o concerto das meninas. Eu só lia que todo mundo achava um horror, que elas mesmos depois de tantos anos, ainda subissem em um palco, davam a cara a tapa e acabavam com os ouvidos de qualquer um. Ler como são as coisas por trás dos bastidores foi totalmente diferente; ver a angústia delas, ver como se apoiam e ainda assim sobem no palco com um imenso sorriso, mesmo sabendo que estão assassinando os ouvidos dos espectadores. Honoria presa pela família, pela tradição e isso não poderia deixá-la mais do que feliz.

Foi uma alegria reencontrar personagens queridos, principalmente Lady Danbury que se finge de surda quando lhe convêm e que assusta qualquer um com sua bengala.

Adquiri o box lançado pela Editora Arqueiro e foi uma das melhores compras que fiz até hoje. O box está impecável, com brindes e com um acabamento lindo; os livros estão divinos e todas as capas têm um toque aveludado. E o melhor de tudo é que acabei de ler o primeiro já desesperada pelo próximo e não preciso esperar pela publicação, pois ele já está bem aqui, do meu lado. ❤

- Eu estava olhando para você  - continuou Marcus, a voz tão baixa que mal se ouvia. – Estava olhando só para você.
Mas aquilo fora antes...
Honoria pousou a mão sobre a dele. Parecia tão pequena e delicada, e pálida com tons róseos.
Perfeita.
- Marcus? – sussurrou ela.
Então ele finalmente soube... Aquilo fora antes de ele amá-la.

Leitura recomendada.

Quarteto Smythe-Smith:
01. Simplesmente o Paraíso;
02. Uma Noite Como Esta;
03. A Soma de Todos os Beijos;
04. Os Mistérios de Sir Richard.

Outras capas:

   




5 comentários

  1. Oi Kati, essa história me conquistou já no prólogo e não parou mais. Acho que a história chegou no momento certo, queria e precisava ler uma história leve, divertida, quase descomplicada e gostei muito de tudo que li nesse livro. Honoria e Marcus são fofos e apesar da história não ter um ritmo tão ágil, a autora consegue prender o leitor e envolvê-lo na história (ao menos comigo foi assim). Ver os bastidores do concerto como você citou pra mim também foi muito legal. Já li dois livros dessa série e só posso dizer que estou amando <3

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Lili!
      Que delícia essas livros.
      Já li todos e estou ansiosa para você chegar no último. Preciso de opiniões e não sei o que pensar a respeito ainda... fiquei muito surpresa com o rumo da história.
      Beijo.

      Excluir
    2. Eita que agora fiquei curiosa kkkkk vou retomar a leitura deles logo logo :D

      Excluir
  2. Oi, Katielle. Tentei comprar o box mas até agora o cartão não autorizou kkk mesmo assim, estou louca para conferir a história. Do jeito que a Julia é, tenho certeza que está impecavelmente maravilhosa.
    Beijo! Leitora Encantada
    Participe do sorteio do blog e concorra a três livros

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Miriã!
      Continue tentando pq vale a pena kkkkkk
      Consegui comprar o meu em uma promoção do Sub, saiu R$ 90, foi o melhor preço que já vi.
      Beijo.

      Excluir