30 de maio de 2017

Um Reino de Sonho - Judith McNaught

Livro: Um Reino de Sonho 
(A Kingdom of Dreams)
Dinastia Westmoreland # 1
Autor (a): Judith McNaught
Número de Páginas: 448
Editora: ASA Portugal 
Compre aqui.

Sinopse: Chamam-lhe o Lobo Negro. Nunca perde uma batalha. Temido por todos, Royce Westmoreland, duque de Claymore, é um guerreiro inglês intrépido. Tão intrépido que comete a loucura de manter sequestrada a filha do seu maior rival, o chefe do poderoso clã escocês Merrick. 
Jenny Merrick pode ter sido raptada do colégio de freiras que frequentava, mas não vai ficar de braços cruzados. A bela e fogosa jovem tenciona lutar com unhas e dentes e destruir este inglês grosseiro que se julga dono de tudo – e o facto é que consegue enfurecê-lo melhor do que ninguém. 
Quando, por decreto real, são obrigados a casar, espera-se o pior. A feroz batalha de vontades, porém, não tarda a dar lugar a uma paixão escaldante, mas muito breve... Agora, após uma devastadora traição e uma série de mal-entendidos, Jenny vai ter de decidir a quem deve a sua lealdade...

RESENHA por Luciana Corrêa da Silva.

Oioi, como estão?

Hoje trago uma daquelas resenhas que escrevo com um sorrisão estampado na cara.

Um Reino de Sonho é o mais novo livro da Judith MacNaught publicado cá em Portugal e que, de cara, só analisando a linda capa, já fiquei doida por ler. Este é o primeiro livro série chamada Dinastia Westmoreland e publicação da Editora Asa.

Royce Westmoreland, duque de Claymore, é um guerreiro implacável. Chamam-lhe o Lobo Negro, pois seu sombrio poder é temido por todos. Ele é um inglês, que serve ao Rei Henrique sem medir as consequências. Suas conquistas são notórias e relembradas através de histórias de medo que já se tornaram lendas, contada a todos que queiram saber. Seus feitos já o tornaram um mito. O Lobo é tão intrépido e desmedido, que comete a loucura de sequestrar as duas filhas de seu maior inimigo, o mais poderoso chefe escocês, o líder do clã Merrick.

Royce é um guerreiro temido por todos e Jenny Merrick, ao ser raptada da abadia em que vive, poderá atestar a todos as proezas do Lobo. Mas ela é uma Merrick, e Merrick nenhum que se preze sente medo de coisa alguma, muito menos de um inglês, por mais poderoso que seja. Então Jenny e sua irmã Brenna, conhecida por ser a mais bela escocesa já nascida, terão de inventar as mais prodigiosas artimanhas para fugir do cativeiro e avisar o pai de que ele será atacado pelos soldados liderados pelo Lobo Negro.

Ambas usarão as unhas e dentes para tentar verem-se livres das garras desse homem grosseiro, que acha que o mundo gira ao seu redor e faz todos tremerem quando ele chega. O que piora tudo para o guerreiro é que a jovem e miúda mocinha consegue fazer frente ao mais corajoso guerreiro que ele possa ter enfrentado, e isso o afeta como ninguém. Chega um momento do livro em que não sabemos qual deles está mais em apuros e isso torna tudo muito engraçado e prazeroso de ler.

Assim, quando menos esperam, Royce e Jenny são obrigados a casar, pois assim os Reis ordenam. Tanto o Rei Jaime da Escócia quanto o Rei Henrique da Inglaterra acham que a união dos lados mais poderosos de seus países poderá não só acalmar os ânimos, quanto chegar um dia à tão sonhada paz. Todos esperam o pior, pois os recentes acontecimentos entre o casal levam Royce a pensar as piores coisas sobre Jenny. Ele prefere desposar qualquer moça a ter de se unir à pior de todas as mulheres com quem ele teve o desprazer de conviver.

Uma feroz batalha é travada entre esses dois personagens maravilhosos, dando lugar a uma paixão ardente que, quanto mais é vivida, mais dá lugar a mal entendidos e intrigas por poder. Os momentos ardentes são muitos, como são também os engraçados e os apreensivos, tornado tudo parte de um universo único e belíssimo.

Que loucura, querer pedir à pessoa que lhe causara a dor que a curasse. E no entanto, ainda durante a ceia, naquela noite, quando a manga dele lhe roçara o braço, tinha querido aninhar-se contra o seu peito e chorar.

Que livro maravilhoso! Que bom poder ler uma obra dessas, que só ratifica mais uma vez o quanto a Judith McNaught é exemplar. Ela consegue nos envolver em qualquer tempo que seja, consegue nos prender à leitura de forma irrepreensível e definitiva. Quanto mais leio, mais admiro essa autora divina, da qual virei fã incondicional.

Recomendo muito a leitura desta obra, que felizmente será lançada em breve no Brasil, pela editora Bertrand e que, com certeza, vai arrebatar os corações das leitoras.

– Vem aí o Lobo! – gritou uma das mulheres, e apertou contra o peito o filho que tinha nos braços, num gesto de instintiva proteção. – Deus tenha piedade de nós!

Leiam, divirtam-se! Obrigada por ler e até a próxima.

Dinastia Westmoreland:
01. Um Reino de Sonho;
02. Whitney, Meu Amor;
03. Até Você Chegar.

Outras capas:

   



29 de maio de 2017

[LANÇAMENTO] O Diabo Ataca em Wimbledon de Lauren Weisberger


SKOOB | AMAZON | SARAIVA | RECORD
O Diabo Ataca em Wimbledon - Lauren Weisberger.

Até onde você iria para chegar ao topo? Da mesma autora de O diabo veste prada”!
Quando a tenista queridinha dos americanos, Charlotte “Charlie” Silver, faz um pacto com o diabo — o treinador carrasco Todd Feltner —, é catapultada para um mundo de estilistas famosos, festas exclusivas, jogos beneficentes a bordo de iates gigantescos e encontros românticos com a realeza hollywoodiana. Sob a nova direção impiedosa de Todd, Charlie, a menina boa, já era. Todd só quer saber de Charlie, a “Princesa Guerreira”. Afinal de contas, ninguém chega ao topo sendo bonzinho. Revistas e blogs de fofocas seguem Charlie freneticamente em suas viagens pelo mundo perseguindo vitórias em Grand Slams e manchetes no Page Six. Mas, quando a estrela da Princesa Guerreira ascende dentro e fora das quadras, há um preço a pagar. Num mundo obcecado por aparências e celebridades, estaria Charlie Silver disposta a se perder para vencer a todo custo? De Wimbledon ao Caribe, do US Open ao Mediterrâneo, O diabo ataca em Wimbledon é um passeio sexy e perversamente divertido por um mundo em que as apostas são altas — e as regras do jogo nem sempre são respeitadas.

[SEMANA ESPECIAL #1] Roleta Russa de Gisele Souza

Oi, pessoal! 
Hoje começa a semana especial aqui no blog. O livro é o Roleta Russa da Gisele Souza e durante esses dias irei trazer informações, quotes e se a vida colaborar, resenha.


SKOOB | AMAZON | SARAIVA | CHARME
Roleta Russa de Gisele Souza.

Você já parou para se perguntar se tem o controle total da sua vida? Nunca se sentiu como uma marionete onde cada passo que dá é meticulosamente planejado por outras pessoas? Já se encontrou sem saída? 
Minha vida foi cercada de perigo, crimes e violência. Tive a alma marcada pela morte. Nunca acreditei que tivesse o direito à luz depois de andar pelas sombras... Sempre soube qual era o meu destino e aprendi a me ajustar ao que não tinha opção. 
Então tudo se tornou como em um tabuleiro de xadrez. Você precisa dar o xeque-mate ou é eliminado!
Quando não se tem muito, não há nada a perder. 
Sou Enzo Gazzoni, meu nome é como uma oração para alguns e como uma maldição para outros. 
Escolha seu lado da Roleta e torça para não ser o sorteado.

Sobre a autora: 
Gisele Souza é uma taurina teimosa, sonhadora, fascinada pela vida e apaixonada por sua família. Romântica incurável e encantou-se pelos livros aos quatorze anos. Começou sua carreira em 2013, tornando-se best-seller na Amazon com a série “Inspiração”. Desde então não parou mais. Com um gosto literário bem eclético, sonha em escrever histórias de vários gêneros, colocando no papel o seu amor pela escrita.
Nascida em Volta Redonda, interior do Rio de Janeiro, leva uma vida simples ao lado do marido e filho. 

Compre:



Mil Beijos de Garoto - Tillie Cole

Livro: Mil Beijos de Garoto
(A Thousand Boy Kisses)
Autor (a): Tillie Cole 
Número de Páginas: 400
Editora: Planeta de Livros
Compre aqui e aqui.

Sinopse: Um beijo dura um instante. Mas mil beijos podem durar uma vida inteira. Um garoto. Uma garota. Um vínculo que é definido num momento e se prolonga por uma década. Um vínculo que nem o tempo nem a distância podem romper. Um vínculo que vai durar para sempre. Ao menos era o que eles imaginavam. Quando, aos dezessete anos, Rune Kristiansen retorna da Noruega para o lugar onde passou a infância – a cidade americana de Blossom Grove, na Geórgia –, ele só tem uma coisa em mente: reencontrar Poppy Litchfield, a garota que era sua cara-metade e que tinha prometido esperar fielmente por seu retorno. E ele quer descobrir por que, nos dois anos em que esteve fora, ela o deletou de sua vida sem dar nenhuma explicação.

RESENHA por Katielle Borba.

- E meu coração quase explodiu!

Oi, pessoal!

A resenha de hoje é do incrível Mil Beijos de Garoto da autora Tillie Cole e publicação da Editora Planeta.

Depois de ouvir todos os elogios possíveis sobre este livro eu mal esperava para iniciar a leitura. Todos falaram que eu deveria preparar meu coração e os lenços de papel, mas ninguém me falou que eu deveria estar preparada para depois de acabar a leitura. Mil Beijos de Garoto é aquele tipo de livro que a gente fecha a última página, olha para o nada e pensa: e agora? Não existe uma palavra no dicionário que descreva o quanto esta história é especial e maravilhosa. 

Mil Beijos de Garoto nos traz a linda história de Poppy e Rune. Eles se conheceram aos cinco anos quando Rune veio com sua família da Noruega para a América. Desde o momento em que ficaram frente a frente, fica claro que eles são almas gêmeas. Desde esse encontro os dois tonaram-se inseparáveis, até o momento em que Rune teve de voltar para sua terra natal. Novamente o tempo passa e Rune retorna; com dezessete anos ele é uma pessoa diferente, amargurado, triste e cheio de raiva, não lembra em nada o menino que era quando partiu. O que ele mais quer é reencontrar Poppy e questioná-la o porque de ter sumido da sua vida quando prometeu que esperaria pelo seu retorno.

Se eu lesse a sinopse deste livro não daria nada por ele, afinal, ela não nos diz nada, só parece mais um livro de adolescentes cheio de conflitos. Desde o primeiro capítulo, Mil Beijos de Garoto é um soco no estômago. Conforme a história foi desenvolvendo isso foi acontecendo e tiveram momentos em que precisei parar e respirar, pois eu não conseguia aguentar tanta coisa acontecendo. É tanto amor, alegria, sofrimento e dor que é difícil assimilar todos esses sentimentos. Em uma mesma página, podemos ir do riso às lágrimas e isso não acontece somente uma vez, mas em toda história. Este livro é um poema que deve ser lido, apreciado e amado; é um aprendizado, é um tapa na cara daqueles que reclamaram que a vida está ruim, que não conseguem alcançar seus sonhos. Este livro deveria ser uma leitura obrigatória para qualquer pessoa, pois é uma lição, daquelas que nós jamais esquecemos. E que, quando damos uma derrapada, podemos abrir as páginas, ler novamente e perceber que a vida é ótima, é linda e que nós só precisamos saber apreciá-la e aproveitá-la da melhor forma possível.

O livro é narrado pelo dois protagonistas e isso é essencial para compreendermos tudo o que está acontecendo. Quando Rune retorna nem parece a mesma pessoa de antes; o processo de mudança e amadurecimento dele é lindo ver. A cada página Rune volta a ser um pouquinho daquele garoto de antes, mas não perde a aura de bad boy que veio junto com ele. Esse processo de mudança se dá muito por Poppy; apesar de todos os pesares é ela quem vai ajudá-lo, vai fazer aquele sorriso misterioso dele voltar, vai fazê-lo voltar a amar o seu maior sonho e o mais lindo de tudo, vai amá-lo incondicionalmente, mesmo que tantas mudanças a assustem.

Poppy e Rune tem muitas coisas para conversar, muitos sentimentos difíceis de avaliar e arrependimentos. Eles precisam lidar com tantos acontecimentos que é difícil acreditar que jovens de dezessete anos possam passar por tudo isso sem se desviar do caminho do bem.

Este é o terceiro livro que leio da Tillie Cole e mais uma vez fico maravilhada com a sua escrita. Ela consegue tocar o coração, a maneira como ela apresenta os personagens e como descreve as cenas é linda. Pude sentir o vento, a areia da praia, o perfume das flores de cerejeira; testemunhei um amor real, um amor raro que dura uma vida inteira; senti dor, tristeza e alegrias e isso foi tudo graças à narrativa desta autora.

Sempre achei linda a capa deste livro, mas não a tinha compreendido. Agora penso que ela perfeita, nada é mais perfeito que essa capa e, obrigada Editora Planeta, por mantê-la. Espero que a editora traga todos os outros da Tillie para nós, pois é impossível não amar suas histórias.

Se você ainda está pensando se deve investir nesta leitura eu digo que sim. Vale a pena cada centavo gasto neste livro e tenho certeza que depois terminá-lo você vai querer dividi-lo com outras pessoas, pois a história de Mil Beijos de Garoto deve ser lida, amada e disseminada por todos os cantos.

Eu queria escrever mais, mas as palavras me faltam. Este foi um dos livros mais difíceis de resenhar, mas espero ter pelo menos instigado a quem não conhece dar uma chance para a leitura.

Não sei bem por quê, mas capturar momentos me fascinava. Talvez porque às vezes tudo que temos são momentos. Porque não há repetições; o que acontece em um momento define a vida -  talvez seja a vida. Capturar um momento em filme o mantém vivo para sempre. Para mim, fotografia era algo mágico. 
 - Eu sou a garota que acorda cedo para ver o nascer do sol. Eu sou a garota que quer ver o que há de bom em todos, a que é arrebatada por uma música, inspirada por arte. – Virando-se para mim, ela sorriu e disse: - Eu sou essa garota, Rune. A que espera a tempestade passar simplesmente para vislumbrar um arco-íris. Por que ser infeliz quando você pode ser feliz? É uma escolha óbvia para mim.
- É como música – ela explicou. – Quando olho para você, quando você me toca, quando vejo seu rosto, quando nos beijamos, meu coração toca uma música. Ele canta que precisa de você como eu preciso de ar. Ele canta que eu te adoro. Ele canta que encontrei a parte perfeita dele que estava faltando.

Leitura – MIL vezes – recomendada.

Outras capas: 

  



27 de maio de 2017

Lançamentos - Editora Planeta

Oi, gente! 
Confiram os lançamentos de maio da Editora Planeta.


A Desconhecida - Mary Kubica.

Mais um instigante thriller psciológico da mesma autora de A Garota Perfeita, best-seller do The New York Times.
Todos os dias, a humanitária Heidi pega o trem suspenso de Chicago e se dirige ao trabalho, uma ONG que atende refugiados e pessoas com dificuldades. Em uma dessas viagens diárias ela se compadece de uma adolescente, que vive zanzando pelas estações com um bebê. É fato que as duas vivem nas ruas e estão sofrendo com a fome, a umidade e o frio intenso que castigam Chicago. 
Num ímpeto, Heidi resolve acolher Willow, a garota, e Ruby, a criança, em sua casa, provocando incômodo em seu marido e sua filha pré-adolescente. 
Arredia e taciturna, Willow não se abre e parece esconder algo sério ou estar fugindo de alguém. Mas Heidi segue alheia ao perigo de abrigar uma total estranha em casa. Porém Chris, seu marido, e Zoe, sua filha, têm plena convicção de que Willow é um foco de problemas e se mantêm alertas. 
Em um crescente de tensão, capítulo após capítulo a verdade é revelada e o leitor irá descobrir quem tem razão.


Meu Maior Presente - Mila Wander.

Lucas – “Não escolhemos o amor, é ele quem nos escolhe. Mas e se essa escolha estiver errada?” 
A história de um amor proibido, escrita pela mesma autora do sucesso O Safado do 105 Lucas foi abandonado num orfanato e só aos nove anos de idade ganhou o presente que mais desejava: uma família. 
Mel nasceu na família perfeita. Seu pai, sua mãe e seu irmão, dez anos mais velho, a amavam. Ela era o xodó dos Carvalho Lemos. O que ninguém esperava era que, na adolescência, Mel começasse a olhar de um jeito diferente para Lucas, seu irmão adotivo, seu protetor, seu motorista de baladas, seu confidente. 
Ele também a percebeu diferente, a desejou e seu amor fraterno se transformou em outra coisa. 
Lucas, porém, não podia deixar que esse novo e assustador sentimento arruinasse seu sonho de ser amado por uma família. Mas o que fazer com a vontade de seu coração e seus desejos? Mel, com certeza, sabia o que fazer. 
Mel – “Só me sinto viva com você. Só me encontro em você.”

Viver em Paz Para Morrer em Paz - Mario Sergio Cortella.


Se você não existisse, que falta faria? Para responder à essa pergunta, o filósofo e escritor Mario Sergio Cortella discute o que é importante nessa vida. Não é ser famoso e nem acumular coisas e propriedades, em uma obsessão consumista. 
Importante é ser importante para alguém, ou seja, fazer falta para alguém. Como? Neste livro, Cortella aponta alguns caminhos e nos faz pensar sobre as razões da existência.







Quem Manda no Mundo? - Noam Chomsky.


O mais importante ativista intelectual do mundo oferece neste livro um aprofundado exame das mudanças do poder norte-americano, as ameaças à democracia e o futuro da ordem global. 
Meticulosamente documentado, Quem manda no mundo? é um guia indispensável para entender a situação internacional atual. Com clareza e oferecendo diversos exemplos, Chomsky mostra como os Estados Unidos continuam sendo a voz mais forte, mesmo com a ascensão da Europa e da Ásia. O envolvimento americano com China e Cuba, as sanções contra o Irã, os conflitos no Iraque, Afeganistão e Israel/Palestina, a relação com a América Latina e África e o aquecimento global são alguns dos pontos discutidos no livro. Chomsky escreveu um posfácio sobre a eleição de Donald Trump, o referendo Brexit e a ascensão dos partidos ultranacionalistas de extrema direita na Europa. Sua conclusão é alarmante e preocupante sobre o futuro do mundo.

Os Diários de Alfred Rosenberg - Jürgen Matthäus.

Um registro fundamental sobre a Segunda Guerra Mundial e o Nazismo. 
Publicados pela primeira vez, os diários de Alfred Rosenberg representam um documento fundamental sobre a Segunda Guerra Mundial e o nazismo. Um dos fundadores do partido nazista, Rosenberg era chamado de pai do nacional-socialismo pelo próprio Hitler. Não é para menos: ele foi o principal ideólogo do Holocausto e de sua proposta de exterminar o povo judeu. 
Acreditava na supremacia branca, em particular dos alemães e dos escandinavos, e considerava os negros e judeus como uma raça inferior. Tornou seu pensamento em ação particularmente depois que foi apontado ministro do Reich para os territórios ocupados do Leste, em 1941. Foi responsável por incitar o ódio, o genocídio e, pessoalmente, mandou executar milhares de homens, mulheres e crianças – algo que relatou em detalhes nos seus escritos. Também organizou o roubo de quadros e outros bens culturais em toda a Europa. Estes diários estavam desaparecidos desde o julgamento de Nuremberg, quando Rosenberg foi condenado à morte por crimes de guerra. Descobertos em 2013, estão sendo lançados mundialmente com comentários e explicações dos organizadores, dois estudiosos do nazismo.

SKOOB | AMAZON | SARAIVA 
Presos no Paraíso - Carlos Marcelo.

“O mar de fora e o mar de dentro” é a expressão usada em Fernando de Noronha para diferenciar as águas que separam o arquipélago do continente e as que se abrem para o Atlântico. Além disso, resume o embate que dá força ao ótimo Presos no paraíso, romance de estreia de Carlos Marcelo. 
O passado e o presente se enfrentam a todo instante no conjunto de ilhas, que também é um microcosmo do Brasil: a beleza natural e o frenesi dos turistas convivem com as mazelas sociais e políticas do país. 
Tobias, historiador que vive entre a expectativa do futuro e as angústias do passado, narra em primeira pessoa sua incursão no arquipélago para elaborar roteiros turísticos. Ele integra a bem montada galeria de personagens na qual se destaca o delegado Nelsão, responsável pela investigação de duas mortes misteriosas, com seus cacoetes investigativos e sua compulsão gastronômica. 
A riqueza das subtramas e dos personagens secundários, contudo, exigia ponto de vista menos limitado. Assim, o grande lance literário do romance é deslizar, em certos momentos e sem solavancos, para a narração em terceira pessoa. 
Presos no paraíso é um mergulho inesquecível para os amantes da boa literatura policial. Mas atenção: os tubarões de Noronha estão à solta!


Os Filhos da Tempestade - Rodrigo de Oliveira.

Uma aventura surpreendente, em um dos lugares mais misteriosos da terra.
Um grupo de jovens deixa o Rio de Janeiro com destino aos Estados Unidos. O que seria apenas uma viagem de uma turma do conservatório de música acaba ganhando os contornos de uma tragédia: ao sobrevoar a misteriosa região do Triângulo das Bermudas, o avião é atingido por uma violenta tempestade e cai no mar. Os sobreviventes agora se veem presos numa ilha deserta, perdendo o contato com o resto do mundo. Nesse lugar paradisíaco, habitado por uma força maligna ancestral e onde se esconde um terrível segredo envolvendo uma jovem bruxa do século XVII, os garotos precisarão lutar pela própria vida, superando grandes desafios e enfrentando seus piores medos. Rodrigo de Oliveira, autor da saga As crônicas dos mortos, traz em Filhos da tempestade uma história repleta de ação, suspense e terror, de conflitos e descobertas, envolvendo um improvável triângulo amoroso que desafia a própria morte.

O Segredo Está nos Telômeros - Elizabeth Blackburn.

Todos desejam uma vida longa e satisfatória, viver melhor e sentir-se jovem por mais tempo, mas como a saúde das células influencia o processo de envelhecimento e a longevidade? Genes e meio ambiente. Criação, mente e natureza. A bióloga molecular Elizabeth Blackburn, premiada com o Nobel de Fisiologia e Medicina em 2009, e a psicóloga da saúde Elissa Epel uniram-se com a proposta de apresentar um novo modo de se pensar em saúde. 
Em O segredo está nos telômeros – receita revolucionária para manter a juventude, viver mais e melhor, as pesquisadoras levam essa questão a nível celular, apresentando ao leitor os telômeros, cujo comprimento tem relação direta com a saúde. Telômeros saudáveis evitam até mesmo o câncer, e algumas práticas regulares, os Laboratórios de Renovação propostos ao final de cada capítulo, são capazes de aprimorar a saúde dessas estruturas e, consequentemente, o bem-estar cotidiano. 
Best-seller do The New York Times, este livro é um mergulho fascinante no coração genético das células – os cromossomos – e leitura imprescindível para quem deseja combater o envelhecimento prematuro, revertê-lo ou simplesmente agir na manutenção de sua vitalidade. Ou seja: é a tão aguardada receita para manter-se jovem por mais tempo.

O Romance dos Espíritos - Pedro Domenech.

Poucas coisas se comparam ao sofrimento da perda de um amor. 
A francesa Amélie-Gabrielle Boudet, como tantas outras mulheres, de tantas outras épocas, precisa reaprender a viver depois da morte do marido, amigo e amante de uma vida inteira. Mas uma certeza lhe dá conforto: ela sabe que aquela é apenas uma passagem, e que o espírito do homem que ela tanto ama ainda tem uma longa jornada a seguir. 
Seu marido era Allan Kardec. 
Em uma sessão espírita conduzida por uma médium famosa, Amélie consegue se comunicar com o espírito de Kardec, sugerindo a ele que relembre a trajetória dos dois. Além da vida em comum com a mulher, o espírito passa a recontar as experiências que o levaram a ficar conhecido como o codificador do espiritismo, desde o tempo em que era estudante no instituto Pestalozzi, no castelo de Yverdon, Suíça, até o momento de seu retorno ao plano espiritual. 
Embora seja uma ficção, O romance dos espíritos oferece um retrato fiel da vida de Allan Kardec, a partir de ampla pesquisa, abordando os episódios mais marcantes de sua jornada na Terra.

Entre Bardos e Druidas - Guilherme de Sá.

Eu, você, Deus, vida, morte, distâncias, mares e caravelas. Estes são apenas alguns traços desta valiosa prosa entre um músico e um jesuíta sobre tempos de difícil compreensão. Entre bardos e druidas é um livro tecido com emoções à flor da pele através de correspondências repletas de filosofias, metáforas e histórias ancoradas na misteriosa aventura da fé. 
Guilherme de Sá e Bruno Franguelli apresentam um rico e inteligente diálogo, no qual o belo e o essencial tornam-se elementos fundamentais dentro de uma poesia vivida e experienciada na singular vida dos autores. Debaixo do véu da amizade e do companheirismo, recorrem aos termos celtas “bardos” e “druidas” para revelar uma simples, porém inestimável versão da vida. Um livro para todos aqueles que possuem ousadia e coragem para prestar atenção na existência.

O Código da Mudança - Othon Gama.

Em O código da mudança, Othon Gama decifra, de forma surpreendente e inovadora, os processos de transformação de hábitos e desenvolvimento de excelência, para quem está cansado de belas ideias que não saem do papel e busca resultados concretos. 
A maioria das pessoas falha ao tentar alcançar seus objetivos porque não trabalha as três dimensões do processo de mudança, ou seja, a dimensão da sabedoria (a ciência dos hábitos), a dimensão emocional (competências emocionais) e a dimensão executiva (como transformar o conhecimento em prática). 
O método 3D da mudança de hábitos é pioneiro por ter uma abordagem completa e vem conquistando cada vez mais adeptos, de atletas de alta performance a empresários, de concurseiros a profissionais liberais, de pessoas que desejam emagrecer àquelas que querem parar de fumar, de beber ou melhorar suas finanças. 
Neste livro, você aprenderá não só o que e como fazer, mas também a desenvolver as competências emocionais necessárias para passar por todas as fases da mudança e, o melhor, a permanecer nela.


26 de maio de 2017

A Entrevista - Shana Gray

Livro: A Entrevista 
Autor (a): Shana Gray 
Número de Páginas: 272
Editora: Gutenberg
Compre aqui e aqui.

Sinopse: Sete entrevistadores irresistíveis. Quem a escolherá ao final da semana? Quem será o escolhido por ela?
Linda, inteligentíssima e extremamente sensual, Tess Canyon é uma jovem determinada a se vingar de um dos maiores grupos dos EUA, as Empresas Diamond. Seu pai, um alto executivo, foi acusado de desviar fundos da empresa para gastar com uma suposta amante e teve sua carreira destruída. E isso o levou à morte...
A oportunidade de candidatar-se à vaga de Assistente Executiva do poderoso Mr. King parece ser a maneira ideal de infiltrar-se na empresa para limpar o nome de seu falecido pai.
Mas o processo seletivo não é o que ela espera. Chegando à sede da empresa, ela é escoltada até um helicóptero e, com os olhos vendados, é levada para um local secreto. Lá, Tess conhece Mr. King e descobre que a vaga na verdade é para o novo CEO das Empresas Diamond. Seu desafio será passar por sete testes durante uma semana.
Tess será avaliada por sete misteriosos executivos — deliciosamente bonitos —, um para a tarefa de cada dia. Agora ela precisará usar toda a sua habilidade e competência se quiser ter sucesso e resistir ao magnetismo poderoso dos homens irresistíveis enviados para ajudá-la — ou distraí-la. Em um desafio que poderá levá-la ao topo, ou arruiná-la para sempre. 
Bem-vinda à entrevista mais sexy que você poderia imaginar!

RESENHA por Katielle Borba.

Oi, pessoal!

O comentário de hoje é sobre o livro A Entrevista da autora Shana Gray e publicação da Editora Gutenberg. Este livro foi publicado completo em formato físico, mas também em e-book com contos separados, dividido em dias da semana.

A Entrevista nos traz a história de uma mulher em busca de vingança. Tess Canyon quer limpar o nome do seu falecido pai e para isso ela deseja destruir o império da empresa Diamond. Sua vingança está mais perto que ela imagina, afinal, foi selecionada para uma entrevista onde o cargo é ser o braço direito do dono, o misterioso Mr. King. No dia da entrevista nada sai como esperado e Tess se depara com um grande desafio; para conseguir o emprego ela precisará passar por sete testes e ter sucesso em todos eles. Ela será avaliada por executivos e todos os seus passos serão monitorados. Mal sabe ela como essa semana será tumultuada, mas ela também virá com muitas surpresas.

Iniciei A Entrevista um tanto receosa, já tinha lido algumas considerações sobre ele e não foram boas, mas até que gostei. A história é narrada por Tess e os capítulos são divididos em dias da semana, onde cada um deles nos relata um dos testes. A história é clichê e desvendei todos os supostos mistérios antes de virar a última página. Não é um livro impressionante e apaixonante, mas sim um livro para quem quer uma distração ou uma leitura mais leve.  

Quando iniciei no primeiro dia de testes – segunda–feira – fiquei pensando se continuaria ou não a leitura, só que no final fiquei curiosa para saber como se dariam os próximos dias e assim segui até o final. Achei interessante o que Tess teve que fazer, não foi nada de outro mundo, mas ela saiu da sua zona de conforto, testou a si mesma, e provou que poderia ser mais. Conforme a semana passa, Tess começa a se questionar se quer mesmo continuar com sua vingança, pois agora ela tem acesso a empresa, mas também tem que pesar as consequências dos seus atos.

O que não curti muito foi a forma de ela lidar com os executivos que aplicavam os testes. Cada dia da semana ela era apresentada ao um homem lindo e a cada dia da semana parecia que Tess ia morrer de excitação com esse homem. Não estou aqui julgando isso, até porque eu seria hipócrita, mas achei demais. Tess não podia olhar para um dos executivos sem fazer um monólogo interno de como ele era lindo, como ela estava excitada, arrepiada e outras coisas... isso me incomodou bastante. Claro que dentre os executivos da semana ela tem o seu favorito, aquele roubou o seu coração e é óbvio que é o mesmo que roubou o meu. 

Enfim, o livro é bom. Uma leitura rápida e leve. Se você está em busca de uma distração, recomendo. Amei o final, teve uma cena que compensa as reclamações que fiz no paragrafo anterior. :D

Leitura recomendada.



25 de maio de 2017

Uma Paixão de Vermelho - Lorraine Heath

Livro: Uma Paixão de Vermelho 
(The Duke and the Lady in Red)
Scandalous Gentlemen of St. James #3
Autor (a): Lorraine Heath
Número de Páginas: 320
Editora: Top Seller
Compre aqui.

Sinopse: O plano de Rose é simples e já funcionou noutras ocasiões. Seduzir um homem abastado, envolvê-lo numa teia de mentiras, roubar-lhe uma quantia considerável de dinheiro e fugir.
Quando, numa festa, o duque de Avendale tenta seduzi-la, Rose encontra o seu alvo. Só que desta vez o seu plano de sedução toma um rumo inesperado. O duque é um homem atraente, fascinante, de personalidade forte e, pela primeira vez, Rose sente-se presa no seu próprio jogo de atração.
Mas Avendale não é nenhum tolo. Depois de descobrir que esta mulher encantadora está pronta para fugir de Londres, levando consigo o seu dinheiro, ele confronta-a com uma proposta escandalosa: ela poderá ficar com todo o dinheiro roubado... Se aceitar passar uma semana inteira na sua cama.
Bastará uma semana para acender a paixão e libertá-los do passado?

RESENHA por Luciana Corrêa da Silva.

Oi, como vão?

Hoje trago-vos mais uma resenha de publicação portuguesa, precisamente da Top Seller, uma editora que aprendi a amar, apesar de saber que me levará à falência. Essa editora tem presenteado seus leitores com rápidas publicações de Lorraine Heath, uma escritora espetacular. Este livro é novíssimo, publicado este mês de abril.

Uma Paixão de Vermelho é o terceiro de uma série chamada Scandalous Gentlemen Of St. James, que conta com um livro melhor que o outro. Quando li os anteriores, achei que fossem os melhores livros dela, mas assim que li este último, percebi que a autora consegue nos encantar ainda mais.

Uma Paixão de Vermelho conta a história de Rose, uma moça que tem sérios planos para seu futuro. Todos eles resumem-se em seduzir e depenar um homem qualquer, que seja bem abastado. Para isso ela utiliza uma teia de mentiras e perambula pela Inglaterra, deixando um rastro de indignados cavalheiros. Assim que ela consegue roubar uma quantia considerável, foge sem deixar pistas.

Assim, a bela moça resolve que Londres é seu novo destino e, ao lá chegar, percebe que todos estão encantados com o novo estabelecimento, o Twin Dragons. É lá que ela dará seu novo golpe. A famosa casa de jogos é um antro perfeito para reunir os mais abastados homens ingleses. Então, numa festa, onde ela veste o mais belo vestido vermelho e atrai a atenção do Duque de Avendale, seu alvo perfeito.

Avendale é um homem muito rico e cheio de mistérios. Leva a vida mais despudorada que existe, mas como Duque que é, ninguém o questiona, ninguém se intromete. Sua família é maravilhosa, mas ele não quer saber de nada que não lhe dê prazer sexual a qualquer custo. Sua magnífica propriedade é um antro de devassidão e encontros sexuais, onde as mais escandalosas orgias acontecem. Assim, quando ele avista a bela dama de vermelho, tudo o que mais quer é seduzi-la.

O duque a quer, Rose quer seu mais novo “pato”, mas todos os planos tomam um rumo completamente inesperado quando Rose percebe que o Duque não é nenhum tolo. Avendale é um homem muito sedutor; atraente, fascinante e com uma personalidade que Rose jamais conheceu, ele a faz cair em um jogo perigoso e sedutor.

Rose consegue parte do que mais deseja e decide fugir a todo custo, mas não conta com a saída inteligente de Avendale, que a impede ha hora “h”. Ele lhe faz uma proposta impossível de ser recusada: ela pode ficar com as cinco mil libras, se em troca passar uma semana inteira na sua cama.

Mas ela não era bem quem parecia. Disso estava bastante seguro. Tinha passado a vida a evitar enredos e relações. Nunca olhava para uma mulher a um nível que não fosse o superficial, mas lago nela o impelia a ir um pouco mais fundo.

Esses dois personagens são dos mais ricos que podemos encontrar em romances de época. O livro nos propõe algo único e inesperado em livros de romance de época. Jamais li algo assim e percebi que é marca distinta da autora, que tem uma criatividade como poucas. Os motivos que levam Rose a fazer o que faz nos arrancam lágrimas. Os motivos que levam Avendale a cuidar dela e de suas necessidades fazem com que nosso coração quase pule para fora do peito. Ele e ela são tão sofridos, tão distintos na dor e na tentativa de superar o que a vida lhes impõe e, mesmo sem querer, eles saem da dor pelo amor.

Eu amei esse livro e quero que todo mundo leia. Ele aborda questões únicas no modo de pensar de uma época que tratava as pessoas “diferentes” como atrações circenses. É lindo, questionador, encantador... Rogo, imploro para que a Editora Gutenberg não pare de publicar essa autora no Brasil, pois ela é fantástica e suas obras só ficam melhor a cada leitura. Estou encantada, apaixonada por este livro!

Leiam e admirem essa autora maravilhosa!

Beijinhos e até a próxima ;)

Scandalous Gentlemen of St. James:
03. Uma Paixão de Vermelho;
04. An Affair with a Notorious Heiress.

Outras capas: 

 


24 de maio de 2017

Puro Êxtase - Josy Stoque

Livro: Puro Êxtase 
Puro Êxtase #1
Autor (a): Josy Stoque
Número de Páginas: 256
Editora: Astral Cultural
Compre aqui e aqui.

Sinopse: Trinta anos, bonita, bem-sucedida, casada. Não faltava nada na vida de Sara.
Sim, faltava. Faltava amor, cumplicidade e estímulo. Faltava se lembrar de que estava viva, e o divórcio foi uma maneira dolorosa de entrar em contato com essa verdade.
Apesar da frustração e do sentimento de derrota, Sara se esforça para enxergar nessa mudança a oportunidade de ver o mundo com outros olhos. É tempo de recolher os pedaços e se reinventar. Resgatar os amigos esquecidos, investir na carreira, ser dona do seu futuro.
Uma noite, um bar, um estranho. Pouco a pouco, todos os preconceitos são deixados de lado. E todas as possibilidades de prazer se tornam reais.
Puro Êxtase é o livro mais ousado de Josy Stoque. Dispa-se dos preconceitos e venha se surpreender com a coragem de Sara.

RESENHA por Katielle Borba.

Oi, gente!

A resenha de hoje é do livro Puro Êxtase, primeiro volume da trilogia de mesmo nome da autora Josy Stoque e publicação da editora Astral Cultural.

Este é o meu primeiro contato com a Josy, sempre tive curiosidade sobre os seus livros, mas a oportunidade ainda não havia surgido. Gostei muito deste livro e irei contar a minha experiência para vocês.

Sara Mello é a nossa protagonista em Puro Êxtase. É uma mulher de trinta anos e que acaba de sair de um divórcio. Quando casada Sara era infeliz e mesmo que se sinta péssima após os acontecimentos, ela sabe que foi a melhor coisa que aconteceu na sua vida. Agora, Sara quer aproveitar todas as oportunidades que a vida lhe oferece e quando digo aproveitar podem imaginar tudo o que vocês quiserem. Assim, neste livro, iremos acompanhar a jornada de Sara nessa nova fase.

Se você ainda não leu Puro Êxtase, tem essa vontade e espera encontrar um linda história de amor, este não é o seu livro. Mas se você quer uma história de autoconhecimento, descobrimento, de uma mulher independente e em busca do que a faz feliz, então, este sim é o livro para você. Fiquei surpresa pois Puro Êxtase é tudo o que eu não esperava; acho que nunca li algo onde o personagem principal não está em busca do amor e sim em busca de felicidade e prazer sem estar em um relacionamento. A história é narrada em primeira pessoa pela Sara. A trama é envolvente, ágil e muito, mas muito quente (tipo pegando fogo mesmo); o livro é permeado de cenas hots e a autora não nos poupa dos detalhes e de novas experiências.

A Sara é um mulher linda e sensual, mas ela não se sentia assim quando casada. Sara descobriu sua sensualidade depois que começou a cuidar e amar a si mesma. Agora ela é uma daquelas mulheres arrasa quarteirão, confiante e com a autoestima lá em cima. É difícil que alguém a deixe para baixo, mas mesmo assim, em alguns momentos, ela tem uma discussão consigo mesma, quando a tristeza pensa em se abater sobre ela. Confesso que fiquei um pouco incomodada com o estilo de vida que a Sara adotou logo após o divórcio, para mim, foi como entrar em um mundo diferente. Não estou aqui para julgar ninguém, pois sei que muitos levam a mesma vida dela. Durante a história deu para perceber que no fundo ela sente um vazio e tenta preenchê-lo, só que nem todas as coisas que ela faz consegue isso.

Depois do divórcio ela ficou arredia em relação ao amor e acredita piamente que isso nunca mais irá acontecer com ela; Sara prefere a curtição do que se envolver mais a fundo com alguém. Durante a história ela até se questiona se está se tornando uma pessoa fria e isso foi uma coisa que adorei na leitura, os questionamentos. Sempre temos uma questão que Sara se faz, será que ela tem medo? Será que age certo? Por que as pessoas ficam cuidando da sua vida ou ficam em cima do estereótipo de que a mulher para ser feliz precisa ter um relacionamento? Assim a história se desenrola e muitas das coisas que a Sara pensa e se questiona nos traz um aprendizado.

Terminei o livro com um gosto de quero mais. Fui procurar a sinopse dos outros volumes e percebi que iremos acompanhar todos os passos da história de Sara em busca de autoconhecimento. Outra coisa que gostei é que a autora não colocou tudo em um só livro, a trama torna-se interessante porque tudo acontece no seu devido tempo. Percebi que a trilogia será uma crescente, tendo seu ápice no terceiro livro.

Se eu quero que a Sara encontre o amor? Sim, quero muito e estou curiosa para saber se isso irá acontecer, afinal, todos merecem um segunda ou mais chances de encontrar o amor. Também quero ver como ela irá lidar com todos os sentimentos que borbulham dentro dela.

Aprendi que, se eu não me valorizar, não me cuidar, não me amar, ninguém mais vai. Não preciso de alguém me dizendo que sou linda e gostosa. Tenho espelho, força de vontade e uma sede de viver que desconhecia. Acredito em mim, tenho autoconfiança e autocrítica suficientes para fazer tudo o que eu quiser. E por que não?  Por que meu pai e meu ex um dia me disseram que eu não era capaz?
Meu lema agora tem base nos quatro efes: Fé, Foco, Força e Foda-se! Que se dane a opinião deles!

Leitura recomendada.

Trilogia Puro Êxtase:
01. Puro Êxtase;
02. Puro Êxtase a Dois;
03. Puro Êxtase para Sempre.

Outra capa: