8 de junho de 2017

Roleta Russa - Gisele Souza

Livro: Roleta Russa - Parte 1
Família Gazzoni #1
Autor (a): Gisele Souza
Número de Páginas: 240
Editora Charme 
Compre aqui e aqui.

Sinopse: Você já parou para se perguntar se tem o controle total da sua vida? Nunca se sentiu como uma marionete com cada passo meticulosamente planejado por outras pessoas? Já ficou sem saída?
Minha vida sempre foi cercada de perigo, crimes e violência. Tive a alma marcada pela morte. Nunca acreditei que tivesse direito à luz depois de andar pelas sombras... Sempre soube qual era o meu destino e aprendi a me ajustar ao que não tinha opção.
Então, tudo se tornou um tabuleiro de xadrez. Você precisa dar o xeque-mate ou é eliminado.
Quando não se tem muito, não há nada a perder.
Sou Enzo Gazzoni, meu nome é como uma oração para alguns e uma maldição para outros.
Escolha seu lado da Roleta e torça para não ser o sorteado.

RESENHA por Katielle Borba.

Oi, gente!

A resenha de hoje é do livro Roleta Russa da autora Gisele Souza e publicação da Editora Charme.

O livro traz a história de Enzo Gazzoni e Carina Agnelli. A sinopse não diz muita coisa, então, não sabemos o que esperar. O que ficou claro para mim é que Enzo já tem todo seu destino traçado, mas não quer isso. Ele se sente preso, conduzido por um caminho que não deseja, porém tem que aceitar. Ele é bonito, sombrio, misterioso e isso é o seu charme; Enzo chama a atenção por onde passa e não poderia ter acontecido de maneira diferente com Carina.

Recém chegada a Nova York, Carina está tentando adaptar-se a nova vida e fazer novas amizades; já no primeiro dia ela encontra o misterioso Enzo. A química entre eles se dá logo de cara e os dois ficam perturbados com isso. Eles até tentam manter-se afastados, mas é difícil negar a atração. Enzo tem medo de arrastar Carina para a lama que é a sua vida e ela, apesar de adorar o perigo que Enzo representa, têm um pouco de receio do que ele pode lhe oferecer.

Ainda não li todos os livros da Gisele, mas Roleta Russa é diferente das outras experiências que tive com a autora. O livro é narrado em primeira pessoa e os capítulos são alternados entre três pessoas, duas delas são os protagonistas e a outra é alguém essencial para a história. O livro tem romantismo e cenas hots, mas o que adorei foi a trama sombria que Gisele criou. Somos inseridos no mundo da máfia, onde nada é bonito ou legal. A autora não poupa os acontecimentos e adorei isso. O livro não chega a ser dark, mas a história tem uma pegada obscura que me conquistou.

Apesar de todo mal que cerca Enzo, ele é um amor. Quanto mais ele tenta ficar afastado desse mal, mais o dever lhe chama. Um grande acontecimento na história o deixará frente a frente com a realidade e ele não poderá fugir do seu destino. A Carina é uma mulher viciada em adrenalina, e no Enzo ela encontra a droga que cura o seu vício. O relacionamento deles é intenso e arrebatador, as coisas pelas quais eles tiveram que passar não me deixaram desgrudar os olhos do livro, e no final de tudo eu só fiquei querendo mais e mais.

O livro termina de forma quase desesperadora e quero dizer que isso não se faz, Editora Charme. A história de Carina e Enzo tem muito que desenrolar, muitos segredos a serem descobertos e ainda acho que o verdadeiro vilão da trama não foi revelado. Penso também que a Carina terá uma grande transformação, acho que ela tomará um choque de realidade com tudo que virá a descobrir e com tudo que ainda está por acontecer. A única coisa que sei é que quero logo a segunda parte de Roleta Russa,  e que ela venha cheia de vingança.

Enfim, gostei muito da história, a Gisele arrasou neste livro. Além da capa e da diagramação estarem impecáveis, tem a playlist que foi a primeira coisa que me conquistou. Fica a dica para quem gosta de livros sobre a máfia e com um italiano motoqueiro e gostosão; quando o Enzo fala “cara mia” me derreto toda.

Tínhamos essa ligação louca, esse emaranhado de sentimentos tão iguais, parecíamos pertencer ao mesmo entalhe.
Era um Gazzoni e honraria esse nome exatamente como ele foi forjado, assim como ele foi marcado. Com sangue e vingança.

Leitura recomendada.


2 comentários

  1. Oi Kati, li apenas um livro dessa autora até hoje e apesar de não ter conseguido criar empatia pelos personagens ainda quero conhecer outras de suas obras e achei a premissa desse bem interessante e a resenha animadora, o que não curti foi esse lance de dividir a história em duas :/ haha... Não sou dessas que guarda a curiosidade pra outro momento, assim acho que vou preferir esperar o lançamento do próximo pra decidir se me arrisco nessa história ;)

    ResponderExcluir
  2. Oi, Lindona! Ah que resenha mais linda, muito obrigada pelo carinho. Fiquei tão feliz que tenha gostado, espero que na segunda parte consiga superar as suas expectativas <3

    ResponderExcluir