27 de março de 2017

Amor Imenso - Penelope Ward

Livro: Amor Imenso (RoomHate)
Autor (a): Penelope Ward
Número de Páginas: 272
Editora: Planeta (Selo Essência)
Compre aqui e aqui.

Sinopse: Desde garoto, Justin amava Amelia, que odiava Justin desde que ele se mudou para a casa vizinha à da sua avó, em Rhode Island. Não, nada disso. Amelia também amava Justin, mas um mal-entendido o fez pensar que a garota mais incrível do mundo não correspondia ao seu amor e, pior, o odiava.
Os anos se seguiram, e os dois tomaram caminhos distintos até que o destino – e um empurrãozinho de Nana, avó de Amelia – os reuniu novamente na casa onde se conheceram quando eram adolescentes. Obrigados a compartilhar o mesmo espaço, Justin – que aparece na casa de praia de Nana com a namorada – e Amelia vivem como cão e gato. Orgulhosa, a princípio ela não dá o braço a torcer ao amor que sempre sentiu pelo vizinho e reluta o quanto pode contra os encantos de um Justin, agora, mais
maduro e... muito mais atraente. Será que ambos resistirão à paixão e ao desejo que os incita desde a adolescência?

RESENHA por Katielle Borba.

Oi, pessoal!

A resenha de hoje é do lindo Amor Imenso da autora Penelope Ward e publicação da Editora Planeta.

Amor Imenso conta a história de Amélia e Justin. Eles se conheceram ainda crianças e conviveram alguns anos juntos, eram vizinhos. Porém algo aconteceu e agora Justin odeia Amélia; eles se amavam, mas agora o que restou é apenas rancor e ódio. Os anos passaram e o destino, ou melhor a avó de Amélia, quis que eles se reencontrassem novamente e foi exatamente isso que aconteceu. Os dois estão reunidos na mesma casa onde passaram a infância e terão que conviver e acertar as diferenças do passado.


Gente, que livro é este?! A capa já tinha ganhando meu coração, mas a história é linda. Sabe aquele livro fofo, que a gente quer abraçar e amar eternamente?  É Amor Imenso. Quando terminei, quis ler novamente, pois a história é tão linda que eu só sei elogiar e suspirar.

Amor Imenso é narrado em primeira pessoa pela Amélia. A leitura é gostosa, envolvente e viciante. Li o livro em poucas horas, pois foi impossível ficar longe do Justin. Para mim o livro é divido em três partes: a volta, o depois e o reencontro. Vocês podem não entender minha divisão, mas se eu falar das duas últimas é spoiler na certa.

A primeira parte se dá com Justin e Amélia voltando a conviver novamente. Eles têm tantas coisas para acertar, tantas mágoas que é até difícil achar que podem ser pelo menos amigos novamente. Essa primeira parte intercala o presente com alguns flashs do passado, e assim podemos entender o que aconteceu com eles. A história dos dois prende o leitor desde a primeira linha, a escrita da autora é simples, mas muito viciante. Eu fiquei ávida, precisava saber o que aconteceria com eles, como resolveriam as diferenças. Parece que Justin e Amélia nunca irão se acertar, pois a autora ainda insere uma namorada na história (está na sinopse). A garota é tão legal que até me senti culpada quando desejei que ele largasse dela para ficar com Amélia.

Nada foi resolvido nos primeiros capítulos, então, veio a segunda parte e foi aí que fiquei verdadeiramente surpresa. A trama deu uma virada que eu não esperava e fiquei desesperada, pensei: e agora? Mas ainda bem que tudo se resolve, de uma maneira torta e linda, mas se resolve, e eu fiquei apaixonada.

O Justin é um príncipe. No início claro que não, pois ele se sente traído e o maior desejo dele é ferir Amélia como ela o feriu. Conforme os dias passam e a convivência aumenta parece que se dão uma trégua e tentam tornar-se amigos novamente. Apesar de todo o rancor ele nunca deixou de pensar nela e agora, na atual situação, ele nunca a deixaria de lado. Justin está presente para ajudar e proteger. É visível que eles se compreendem e se completam, nos gestos, nos diálogos e até pelo olhar.

A história tem uma tensão sexual desde o início, mas isso é insignificante perto de tudo que acontece. A história é dramática, romântica e engraçada. Consegui sentir tantas coisas boas, sentir verdadeiramente o que os personagens sentiam. Amor Imenso ainda trata de primeiras vezes, coisas que os personagens não queriam, mas que quando se viram diante da situação abraçaram com todo amor que tinham. Trata de superação e confiança; superar distâncias, aprender a confiar um no outro. Trata de tantas outras coisas boas que eu poderia ficar aqui falando sobre isso, por muito tempo.

Preciso agradecer a Editora Planeta por me proporcionar o prazer desta leitura. Que venham mais livros da Penelope Ward.

Enfim, acho que deu para perceber o quanto amei a leitura. Espero ter deixado vocês com muita vontade ler, pois além do livro ser ótimo, tem essa capa linda e não faz parte de série.

Eu nunca deixei de amar você. Houve momentos em que eu tentei te odiar, mas mesmo assim, eu nunca parei de te amar.

Leitura recomendada.


Outras capas:

 


Nenhum comentário

Postar um comentário