11 de julho de 2017

Príncipe Partido - Erin Watt

Livro: Príncipe Partido 
(Broken Prince)
The Royals #2
Autor (a): Erin Watt
Número de Páginas: 352
Editora: Planeta/Essência
Compre aqui e aqui.


Sinopse: Reed tinha tudo na vida: beleza, status e dinheiro. As garotas da sua escola matariam para sair com ele, os caras queriam ser como ele, mas Reed nunca tinha dado a mínima para nada disso. Nem para a família. Até que Ella Harper apareceu na sua vida. Quando Ella chegou à mansão dos Royal, o que ele mais queria era que a nova hóspede sumisse, mas ela o conquistou e, agora, Reed irá fazer de tudo para mantê-la por perto. Ella lhe dá segurança, lhe transmite paz, o aconchega... sensações que há muito tempo não sentia. Porém Reed comete um deslize e Ella se afasta por completo, trazendo caos à família Royal. Reed vê seu mundo desmoronar e toda a esperança de viver um romance com Ella desaparece. A garota dos sonhos de Reed não quer mais saber dele, porque sabe que se ficarem juntos, isso vai destruí-los. Ella pode estar certa. 'Príncipe partido' é a aguardada continuação de 'Princesa de papel'.

RESENHA por Katielle Borba.

Oi, pessoal!

A resenha de hoje é da aguardada sequência de Princesa de Papel. Príncipe Partido é da Erin Watt e publicação da Editora Planeta.

Mais uma vez não sei como iniciar uma resenha sobre essa série. Acabei de lê-lo e ainda não sei discernir o sentimento que está habitando no meu coração. Assim que fechei a última página do livro, mandei um áudio para uma amiga e a única coisa que saiu da minha boca foi um monte de palavrões, porque o que essas autoras fazem com a gente não é certo. Terminamos um livro já desesperados pelo próximo. Nas duas últimas páginas de Príncipe Partido estouram duas bombas e eu ainda preciso esperar pelo terceiro volume. Editora Planeta agiliza aí a publicação de Twisted Palace, por favor.

Depois dos acontecimentos do primeiro livro o império Royal está ruindo. Os irmãos estão brigando, Ella está afastada e Callum, o pai, parece não estar nem aí com a família. Reed, o amor de Ella, cometeu um deslize enorme e precisa de muita força para se redimir com sua amada. Nada será fácil neste livro, se eu achei que o primeiro foi cheio de emoções, este aqui ganha disparado.

Príncipe Partido é narrado em primeira pessoa, e diferente do primeiro livro, ele também é narrado por Reed (algo que eu amei). No primeiro livro só tivemos o olhar de Ella e eu realmente fiquei curiosa para saber o que se passava na cabeça desse cara tão cheio de segredos. A narrativa é intensa e o livro nos prende desde a primeira página, é impossível desgrudar os olhos, pois podemos perder algum acontecimento.

A vida de Ella continua bastante difícil em casa e na escola. Ela ainda é taxada por coisas que não fez e as fofocas sobre o seu envolvimento com os Royals supera qualquer coisa. As pessoas julgam, fazem coisas ruins com ela e mesmo assim Ella continua com seu orgulho, com a cabeça erguida e tentando seguir em frente. Ela sabe que os Royals estão divididos, que alguns querem a ruína de sua nova família e ela não quer isso. Apesar de não querer morar naquele lugar, Ella tornou-se parte importante e eles farão de tudo para protegê-la.

Eu esperava que os questionamentos do livro anterior fossem respondidos, mas ao contrario do que achei, terminei a história com mais dúvidas ainda. Algumas coisas foram reveladas, mas não proporcionalmente aos segredos que surgiram. Todos os Royals escondem alguma coisa, em determinados momentos pensei: “nossa, como essa gente é suja”. Mesmo assim eu os amo, até me sinto culpada por desejar que eles se vinguem de certas pessoas e gostar muito quando eles o fazem, mas não posso ir contra o meu coração. Ainda acho que muita coisa do que li é errada, mas não consigo não gostar deles. Eu quero que eles se safem de tudo, que vinguem quando alguém mexe com um dos seus, que defendam aqueles que são mais fracos. Quero tudo isso e ainda quero que eles tenham um final feliz.

Não tenho mais muito que falar, pois tudo é spoiler. Só quero dizer que adorei a história e o final foi surpreendente, pelo menos para mim. Mais uma vez terminei um livro dessa série cheia de perguntas, com o coração na mão e morta de curiosidade para saber como tudo irá desenrolar. A única coisa que eu não esperava que acontecesse, aconteceu e preciso – desesperadamente – da continuação.

A Planeta acertou em cheio em publicar essa séria aqui. Na verdade este ano de 2017 está um arraso, todos os meses temos novos livros favoritos em nossas estantes. Só tenho a agradecer por ter a oportunidade de ler Príncipe Partido antes de chegar às livrarias. Editora Planeta é ❤.

Ele me disse para ficar longe.
Ele me disse que esse não era o meu lugar.
Se ao menos eu tivesse ouvido.
As palavras dele, ah, as palavras dele são como a luz do sol enchendo de doçura cada poro do meu corpo.

Leitura recomendada.

Série The Royals:
02. Príncipe Partido;
03. Twisted Palace.

Outras capas:

 


3 comentários

  1. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  2. Oi Kati, acho legal que a editora está mantendo a essência das capas que acho muito bonitas e essa é aquela continuação que você pensa: "tá agora as coisas vão se acalmar e não vai ter cliffhanger", ledo engano haha... Mas é também aquela história que você não consegue largar, mesmo descordando de alguns acontecimentos e de alguns personagens, é uma história fluida e fácil de se envolver. Curti a resenha e que venha a continuação ;)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Lili!
      Que venha mesmo, estou um pouco desesperada kkkkkkkk
      Beijo.

      Excluir